quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Dúvidas sobre Lis de Ouro?

1. Não há menção aos cordões verde amarelo e ao vermelho branco, quanto ao momento em que os escoteiros podem obtê-lo.
R. Os guias só fazem explica a progressão dos jovens até a conquista da Liz de Ouro, você vai encontrar o texto que trata dos distintivos especiais no P.O.R. versão 2008 regra 157 item II no Ramo Escoteiro. O P.O.R. pode ser baixado gratuitamente via internet, click aqui.

2. Segundo literatura anterior sobre o assunto das décadas de 70 e 80, os cordões podem ser obtidos SOMENTE por escoteiros de 1ª. Classe, seguindo a metodologia do número de especialidades e também das obrigatórias. Entendo que o escoteiro 1ª. Classe corresponda atualmente ao escoteiro com a "Travessia" completa, ou seja, inferior a Lis de Ouro. Este entendimento é correto?
Não existe equivalência com a 1° e 2° classe, o Programa Educativo tem uma visão mais abrangente, baseado em competências que são conquistadas através da vivencia nas atividades que são oferecidas para os nossos jovens. 
Devemos acrescentar que o escoteiro deverá completar a etapa de travessia além de conquistar, através das especialidades, o cordão verde amarelo, vermelho branco mais a insígnia mundial de conservacionismo, e ser recomendado pela corte de honra e equipe de Escotistas do ramo para obter sua Lis de Ouro.

3. Antigamente o escoteiro noviço podia manipular somente a ferramenta cortante canivete e, após a 2a. Classe podia utilizar-se da faca e somente após o distintivo de Lenhador (ter a 2a. Classe era um dos pré-requisitos) podia-se manipular outras ferramentas de corte como machadinha e facão. Como fica agora? Nas competências aparece o uso de "ferramentas" de uma forma bem genérica nas etapas de Rumo e Travessia, mas sem muito detalhamento se é em Rumo ou Travessia que pode ser feito, além do que não existe menção específica sobre a faca. Qual é o entendimento da UEB sobre isto?
R. Quanto à segurança devemos lembrar a regra 13 do P.O.R. que diz:
 “A segurança nas atividades pressupõe, dentre outros requisitos, a presença de adultos responsáveis capacitados nas habilidades necessárias a sua realização, uso de equipamento adequado, preparação prévia dos participantes e planejamento.”
Os Guias são uma referencia para os jovens e Escotistas para melhorar a qualidade das atividades escoteiras, mas não pretende esgotar os assuntos expostos, no caso da segurança com o uso de ferramentas cabe aos Escotistas proporcionar treinamento e avaliar se ele esta apto, desde o primeiro dia do jovem no Escotismo, autorizando ou não o uso de qualquer item que possa comprometer sua segurança em qualquer atividade.

1 comentários:

rogersweb disse...

Sempre Alerta, pessoal!

Gostaria de divulgar meu Projeto de canções escoteiras inéditas para todos os escoteiros. Poderia me dar uma ajuda nesta divulgação?

“Grato, gratíssimo”! Qualquer ajuda é bem-vinda =0)

Roger Lobato
(rlobato@ascancoesdofogoazul.com)
www.ascancoesdofogoazul.com

Postar um comentário